A direção ficou a cargo do garanhuense Paulo Antônio, que administrou o roteiro com sutileza

Em novembro de 2016, um grupo de amigos se reuniu para realizar o sonho de entrar no mundo do Cinema. Com o roteiro e uma câmera em mãos, bem no estilo Glauber Rocha, estes jovens produziram um curta-metragem, tendo como cenário as belezas naturais de Garanhuns.

A produção recebe o nome de “Esquina dos Sonhos” e tem o roteiro assinado pelo lajedense Icaro Nonato. O filme narra a história de Alice, uma jovem que luta diariamente para sobreviver em uma sociedade segregacionista e discriminatória, tendo que conflitar com seu mundo exterior.

A direção ficou a cargo do garanhuense Paulo Antônio, que administrou o roteiro com sutileza, resultando em um filme com aspectos minimalistas e experimentais. “Há muito tempo estava tentando tocar algum projeto com cinema. Mas o roteiro de Esquina dos Sonhos despertou o meu interesse pelo seu potencial e serviu de ótima porta de entrada para meu primeiro trabalho com o cinema”, revelou Paulo Antônio.

Para interpretar os personagens do filme, Icaro, que também assina a produção, contou com ajuda dos amigos: “não conhecia atores. Então, apresentando o projeto a uma amiga, que depois veio a se tornar produtora do filme comigo, me indicou alguns nomes que poderiam aceitar o convite. E foi tudo maravilhosamente encantador. Conheci o João, a Jéssica e a Mary, e foi tipo amor à primeira vista, todo mundo ficou empolgado com a ideia e compartilhavam do mesmo desejo de trabalhar com cinema, e em menos de um mês já estávamos gravando”.

Agora a ideia e levar o curta para os festivais pernambucanos, dentre eles, o Festival de Inverno de Garanhuns. “Vamos inscrever o Esquina dos Sonhos no Cine Jardim, realizado em Belo Jardim; na Mostra Pajeú de Cinema, em Afogados da Ingazeira, e no Curta Taquary, que acontece em Taquaritinga do Norte. Também vamos buscar se inserir na mostra de cinema do FIG, em Garanhuns, bem como no Festival de Triunfo”, pontua Icaro, que finaliza: “queremos promover o cinema pernambucano e nosso trabalho também”, finaliza Nonato.

Por: Rádio 87 FM