Segundo o tucano, a medida ocorre para ajudar a cidade a se recuperar do desabastecimento.

 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse neste domingo (3) que os caminhões transportando combustíveis, alimentos ou outros itens para o reabastecimento da capital estão autorizados a circular por toda a cidade, incluindo as marginais, em qualquer horário até o dia 9 de junho.

Segundo o tucano, a medida ocorre para ajudar a cidade a se recuperar do desabastecimento ocorrido durante os 11 dias de greve dos caminhoneiros.

Segundo Covas disse durante coletiva na 22ª Parada de Orgulho LGBT, a medida deve ser publicada na segunda-feira (4) ou na terça (5) no Diário Oficial do município.

Os Veículos Urbanos de Cargas, que são caminhões menores, chamados de VUCs, ficam de fora dessa medida.

A Ceagesp, que também ficou sem receber produtos durante a greve, ficará, até 9 de junho, com os portões abertos 24 horas para carga e descarga de mercadorias.